Marta Soares

Marta Soares nasceu em Lisboa, onde vive e trabalha.

Marta Soares nasceu em Lisboa, em 1973. Entre 1988 e 93 frequenta o atelier experimental de artes plásticas, Atelier Livre, sob orientação do artista plástico Pedro Morais. Durante este período fez a sua primeira exposição individual, em 1993 , no Boqueirão da Praia da Galé (ou Galeria Monumental II) onde instalou um livro – diário de pintura intitulado “Diário de Agosto 1992 – 116 páginas para Jean Fautrier”. Volta a expôr individualmente neste espaço, em 1995, instalando uma pintura de grandes dimensões dedicada a Ad Reinhardt.
Desde 1997 que tem exposto regularmente a sua obra quer a nível nacional quer internacional. O seu trabalho tem também sido representado regularmente em feiras de arte como Colónia, Berlim, Bruxelas e AR.CO.

A obra de Marta Soares pode descrever-se como tendo um carácter fortemente processual, no qual várias superfícies em fresco colaboram na obtenção do resultado final, pictórico. O seu trabalho caracteriza-se pela tónica colocada no tempo que precede a imagem finalizada, pela preocupação com os processos de fabricação de imagens, naquilo que os caracteriza como agentes de um resultado que a artista dinamiza mas não determina. O seu trabalho recente torna visível uma relação fundamental entre as imagens que cria e os espaços que vai encontrando no seu percurso e que, sendo portadores de memórias particulares, colectivas ou de vivências da artista nos locais, se revelam como potencial plástico e criativo.

Bio & CV | Download

Nasceu em 1973 em Lisboa, onde vive e trabalha.

EXPOSIÇÕES INDIVIDUAIS

2018
Pinturas Arrancadas à Noite, Galeria Francisco Fino, Lisboa, Portugal.

2017
Vermelha, Centro Cultural de Cascais, Cascais, Portugal.

2016
Matriz, Modo de Fazer, Faculdade de Belas Artes de Lisboa, Lisboa, Portugal.
Diário de Agosto, Fundação Portuguesa das Comunicações, Lisboa, Portugal.

2015
Just a Gentle Reminder, Eletricidade Estética/ Espaço Concas, Caldas da Rainha, Portugal.

2013
Torres Vedras, 1992 – Torres Vedras, 2012. Paços – Galeria Municipal, Paços do Concelho, Torres Vedras

2012
Pintura, Módulo – Centro Difusor de Arte, Lisboa, Portugal.
Diário de Agosto 1992 (Livro de Razão). Instalação. Cisterna da Faculdade de Belas Artes, Lisboa, Portugal.

2010
Wallsurfing. Pintura, Módulo – Centro difusor de Arte, Lisboa, Portugal.

2007
Pintura, Módulo – Centro Difusor de Arte, Lisboa, Portugal.

2006
Pintura, Galeria Forma D’ Arte, Estoril, Portugal.

2004
Pintura, Módulo – Centro Difusor de Arte, Lisboa, Portugal.
Pintura, Módulo – Centro Difusor de Arte, Porto, Portugal.

2001
Pintura, Módulo – Centro Difusor de Arte, Lisboa, Portugal.

1999
Pintura, Módulo – Centro Difusor de Arte, Lisboa, Portugal.
Pintura, Módulo – Centro Difusor de Arte, Porto, Portugal.

1997
Pintura, Módulo – Centro Difusor de Arte, Lisboa, Portugal.

1995
Lisboa, Inverno 1953: encontro com Ad Reinhardt. Instalação; Galeria Monumental II, Boqueirão da Praia da Galé, Lisboa.

1993
Diário de Agosto 1992, 116 páginas para Jean Fautrier. Instalação; Galeria Monumental II, Boqueirão da Praia da Galé, Lisboa, Portugal.

 

EXPOSIÇÕES COLECTIVAS

2019
A metade do céu, Museu Arpad Szenes – Vieira da Silva, Lisbon, PT.

2018
289 – Projeto de Pedro Cabrita Reis, Espaço 289, Pontes de Marchil, Faro, PT.
A Guerra como Modo de Ver, Museu de Arte Contemporânea de Elvas, Elvas, PT.
Pinturas Arrancadas à Noite, Galeria Francisco Fino, Lisbon, PT.

2017
10 000 Anos Depois Entre Vénus e Marte, Galeria Municipal do Porto, Porto, Portugal
Morphogenesis, Galeria Francisco Fino, Lisboa, Portugal.

2016
Linhas do Tempo. Fundação Calouste Gulbenkian. Exposição por ocasião dos 60 anos da Fundação, Sala do Fundador, Lisboa, Portugal.

2015
80 anos de desenho. Escola artística António Arroio, Lisboa, Portugal.

2010/2015
Fundação Calouste Gulbenkian – Obras da Colecção, Edifício Berlaymont – Sede da Comissão Europeia, Bruxelas, Bélgica.

2012
Open Stock –  Módulo Centro Difusor de Arte, Lisboa, Portugal.

2011
Matriz Caldas – Colectiva de artistas (curadoria de M. Caeiro / Palavrão). Museu do Hospital Termal, Caldas da Rainha, Portugal.
10 lápis, 100 artistas, 100 desenhos. Projecto Viarco / Galeria Maus Hábitos e Biblioteca Almeida Garrett , Porto, Portugal.
O Museu em Ruínas – Museu de Arte Contemporânea de Elvas, por ocasião da celebração do protocolo de colaboração entre o MACE e o Museu Nacional de Arte Contemporânea – Museu do Chiado, Elvas, Portugal.

2010
ArteLisboa – Feira Internacional de Arte Contemporânea, Lisboa, Portugal.

2009
10 lápis, 100 artistas, 100 desenhos. -Projecto Viarco / Galeria Maus Hábitos. Museu da Presidência da República, Lisboa, Portugal.
Coleccionar II (suporte papel). Módulo – Centro Difusor de Arte, Lisboa, Portugal.
Coleccionar I (pintura sobre tela). Módulo – Centro Difusor de Arte, Lisboa, Portugal.

2008
ArteLisboa – Feira Internacional de Arte Contemporânea, Lisboa, Portugal.

2007
Museu de Arte Contemporânea de Elvas (MACE), Elvas, Portugal.
ArteLisboa – Feira Internacional de Arte Contemporânea, Lisboa, Portugal.

2006
ArteLisboa – Feira Internacional de Arte Contemporânea, Lisboa, Portugal.

2005
XXX – 30 anos da Galeria Módulo, Módulo – Centro Difusor de arte, Lisboa, Portugal.

2003
FilArte Contemporânea- Feira Internacional de Arte Contemporânea, Lisboa, Portugal

2002
Art Brussels, Contemporary Art Fair, Bruxelas, Bélgica.
O quê? Pintura. Claro, porque não? Módulo – Centro Difusor de Arte, Porto, Portugal.
Foro Sur 2003, Cáceres, Espanha.
FilArte– Feira Internacional de Arte Contemporânea, Lisboa, Portugal.

2001
Propostas Complementares, Módulo, Porto, Portugal.
Arco’01 (Módulo), Madrid, Espanha

2000
45e Salon de Montrouge, Montrouge, França.
Art Brussels, Contemporary Art Fair, Bruxelas, Bélgica

1999
Arte Portugues de los anos 80 y 90 – Colección António Cachola, M.E.I.A.C., Badajoz, Espanha.
Feira Internacional de Arte de Bruxelas, Bruxelas, Bélgica.
Feira Internacional de Arte de Colónia, Colónia, Alemanha.
Art Forum.  Berlin 2000 – Berlin, Alemanha.
Art Cologne. 2000, Colónia, Alemanha

COLECÇÕES PÚBLICAS
C.A.M. –  Fundação Calouste Gulbenkian, Lisboa
M.A.C.E. – Museu de Arte Contemporânea de Elvas, Elvas
Fundação Carmona e Costa, Lisboa
Fundação Veranneman, Bélgica
Fundação Ilídio Pinho, Porto
Fundação Portuguesa para as Comunicações, Lisboa
P.L.M.J., Lisboa
Coleção Figueiredo Ribeiro


PUBLICAÇÕES
Soares, Marta. O Diário de Viagem de Vicente Vinsang. – in Revista Vicente. Lisboa: Ed. Projeto Travessa da Ermida, 2014
Soares, Marta. – Matrizes: a Tela como Metáfora” in A.A., (Org. Pintora Isabel Sabino)  – Com ou sem tintas. Lisboa: Faculdade de Belas Artes, 2013.
Soares, Marta.- Torres Vedras,  1992 – Torres Vedras, 2012. ED.Paços – Galeria Municipal, Paços do Concelho, Torres Vedras
Soares, Marta.-  Anamnese. Porto: Ed. Fundação Ilídio Pinho, 2006. Projecto ANAMNESE – plataforma digital sobre arte contemporânea, dir. Miguel von Haffe Perez, 2006
Soares, Marta.- Entre a meia-noite, o meio dia e a meia-noite, in Arte Ibérica nº25, (Junho 99)

Arrow
Arrow
ArrowArrow
Sem título III | 2018 | Técnica mista sobre tela | 225 x 225 cm
Slider
Pinturas Arrancadas à Noite

Galeria Francisco Fino
Lisboa, 2018

Wallsurfing

Módulo – Centro Difusor de Arte
Lisboa, 2010